ü AÇÕES PARA CATEGORIA


CAPACITAÇÃO E INFORMAÇÃO


 


Protocolo de Enfermagem na Atenção Primária à Saúde do Estado de Goiás,


na versão digital


  Com o objetivo de facilitar o acesso ao conhecimento e informações com qualidade técnica e linguagem prática, o Coren-GO disponibilizou, a partir de 25 de fevereiro, a versão digital do Protocolo de Enfermagem na Atenção Primária à Saúde do Estado de Goiás (2ª edição). O download é rápido e pode ser feito através de computador, notebook, tablet e smartphone.


Em dezembro, teve início os trabalhos para a elaboração da 3ª edição do Protocolo. A publicação do conteúdo revisado e ampliado deve ocorrer em 2016. Assumiram como coordenadores as enfermeiras Claci Fátima Weirich Rosso, Ana Lúcia Queiroz Bezerra, Marisa Aparecida de Souza, Samira Nascimento Mamed, Maria Salete Pontieri Nascimento, Nilza Alves Marques e o enfermeiro Silvio Jose de Queiroz.


 


Encontro de Enfermeiros Responsáveis Técnicos


Mais de 300 profissionais de enfermagem – incluindo enfermeiros, técnicos e auxiliares de enfermagem, e também acadêmicos de enfermagem, participaram do 1º Encontro de Enfermeiros Responsáveis Técnicos, no dia 9 de setembro, que teve como objetivo apoiar e promover ações de desenvolvimento profissional e produção de conhecimento científico. Foram convidados dois palestrantes renomados da área de enfermagem: Dr. Gelson Luiz de Albuquerque, que abordou o tema “As mídias sociais e a ética profissional na enfermagem”, e a Dra. Denize Bouttelet Munari abordou o tema “As relações interpessoais e a ética profissional na enfermagem”.


As mídias sociais e a ética profissional na enfermagem


ü Os smartphones se tornaram acumuladores de informações que podem ser usados de forma benéfica e prática. Mas, o descontrole em seu uso pode gerar o repasse de informações inúteis ou mesmo perda de tempo de trabalho.


ü O Código de Ética dos Profissionais de Enfermagem e as leis valem na internet da mesma forma que seriam aplicadas em outras situações.


As relações interpessoais e a ética profissional na enfermagem


ü Somos seres emocionais em interação, onde há convivência existirão sempre comunicação e conflito. O segredo está em como lidamos com o conflito.


ü O momento de crise nas relações interpessoais pode representar perigo ou oportunidade, dependendo do ponto de vista dos envolvidos e da forma como irão lidar com a situação.


 


Inscrições gratuitas para cursos e congressos de saúde


Em 2015, o Coren-GO ofereceu através de sorteio divulgado pelo site e mídias sociais inscrições gratuitas para o curso sobre a Segurança do Paciente, que ocorreu no dia 4 de julho; e  para o 11º Congresso Brasileiro de Saúde Coletiva da Associação Brasileira de Saúde Coletiva (Abrasco).  Nos dois casos, o objetivo foi incentivar os profissionais de enfermagem a participarem de eventos que discutem temas da área de saúde com qualidade e conteúdo atualizado, além de serem oportunidades de intercâmbio de conhecimento.


Foram sorteadas duas inscrições para o curso Segurança do Paciente. Já para o Abrascão, através de parceria com o Conselho Federal de Enfermagem (Cofen), foram disponibilizadas 180 inscrições gratuitas. A solenidade de abertura do Congresso contou com importantes nomes no cenário da nacional, como os ministros da Saúde e da Ciência, Tecnologia e Inovação, Arthur Chioro e Aldo Rebelo, respectivamente; presidente do Conselho Nacional de Saúde (CNS), Maria do Socorro de Souza, além da conselheira Federal Mirna Frota, prefeito de Goiânia, Paulo Garcia, e autoridades estaduais e municipais.


 


Congresso Brasileiro dos Conselhos de Enfermagem


De 15 a 18 de setembro, Goiás participou do 18º Congresso Brasileiro dos Conselhos de Enfermagem (CBCENF), em João Pessoa (PB), que teve como tema central “Desafios Emergentes para a Enfermagem Brasileira”. A delegação de Goiás participou de discussões, apresentação de trabalhos e recebeu centena de visitantes no stand.


O Coren-GO foi representado no evento pela presidente Ivete Santos Barreto; conselheira-secretária Ângela Cristina Bueno; conselheira-tesoureira Marli Aparecida de Ávila; conselheiros Fernando Correa, Laura Isabela de Barros, Rosilene Alves Brandão e Silva, Silvio José de Queiroz e Ronilda Silva; além dos colaboradores Marcelo Medeiros e May Socorro Martinez Afonso.


 


Enfermagem Obstétrica


O encontro com o tema “Enfermagem Obstétrica 2015: Desafios da Formação e Atuação” recebeu 100 participantes, no dia 15 de outubro no auditório do Conselho. A palestrante convidada Kleyde Ventura de Souza, presidente da Associação Brasileira de Obstetrizes e Enfermeiros Obstetras (Abenfo-Nacional) e professora da Escola de Enfermagem da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), apresentou dados, pesquisas científicas e relatos que comprovam o quanto o parto natural pode influenciar na recuperação pós-parto da mãe e ser um elo entre ela e seu bebê.


Destaques da presidente da Abenfo-Nacional, Kleyde Ventura de Souza


ü Precisamos de empoderar a parturiente e deixá-la perceber que a verdadeira protagonista do parto é ela e não a equipe de saúde, ou um profissional específico.


ü Existem desafios a serem ultrapassados, como por exemplo, a resistência de alguns profissionais da área da saúde em reconhecer o valor da enfermagem obstétrica.


ü O diálogo, criação de protocolos e artigos de leis de exercício profissional e de programas do governo são ferramentas fundamentais para alcançarmos nosso espaço.


 


Seminário Nacional de Bombeiros


O Coren-GO apoiou o XV Seminário Nacional de Bombeiros, que em 2015 foi realizado em Goiânia, de 11 a 13 de novembro. O evento ofereceu palestras com especialistas nacionais e internacionais, provas operacionais, mesas redondas e exposição de materiais e equipamentos. O conselheiro Sílvio José de Queiroz participou da Comissão Científica de avaliação dos trabalhos apresentados.


 


Capacitação emergencial em Zica vírus e microcefalia


Devido o crescente número de casos de microcefalia ligados à Zika no território nacional, o Coren-GO promoveu, nos dias 17 e 21 de dezembro, duas turmas de capacitação emergencial para que a enfermagem goiana estivesse informada e alerta quanto à condução de atendimento e preenchimento de fichas de notificação. Cerca de 180 profissionais participaram da ação, que teve apoio da Secretaria Municipal de Saúde de Goiânia (SMS), Associação Brasileira de Enfermagem seção Goiás (ABEn-GO) e Sindicato dos Enfermeiros de Goiás (Sieg).


A conselheira Michelle da Costa Mata, que iniciou a atividade no dia 17, incentivou a enfermagem a seguir os protocolos do Ministério da Saúde. “Acreditamos que cada profissional de enfermagem tem a responsabilidade de seguir as orientações de fontes oficiais, como os protocolos do Ministério da Saúde e os fluxos de atendimento estabelecidos pelas secretarias municipais de saúde”, disse. A diretora de Atenção à Saúde da SMS e presidente da ABEn-GO, enfermeira Patrícia Antunes reforçou a importância dos profissionais sempre se atualizarem e garantiu ainda que o município de Goiânia tem buscado de todos os modos levar informações mais atualizadas.


Capacitações em parceria com Suvisa


Ao longo de 2015, foram realizadas 22 turmas de capacitações, com duração de três horas, em parceria com a Superintendência de Vigilância em Saúde da Secretaria de Estado de Goiás (Suvisa/SES-GO), para equipe de enfermagem e acadêmicos cursando o último período. A ação conjunta resultou em 1.100 participantes. Foram abordados diversos temas, como: Febre Amarela, Febre Chikungunya, Febre Maculosa, Hanseníase, Leptospirose, Micose Sistêmica, Raiva Humana, Tabagismo, Tuberculose, Violência e Alimentação e Nutrição.


 


Visita dos estudantes e acadêmicos de enfermagem ao Conselho


O Coren-GO recebeu durante 2015, alunos do curso Técnico de Enfermagem e acadêmicos de Enfermagem de diferentes instituições goianienses. As palestras são ministradas por conselheiros ou enfermeiros-fiscais promovendo trabalho preventivo, unindo a legislação e a prática do dia a dia que os futuros profissionais irão vivenciar.


 


Projeto “Coren vai até você”


Visando aproximar o Conselho e os profissionais que residem no interior do Estado, o Coren-GO elaborou o projeto “Coren vai até você”, através de um Grupo de Trabalho específico para a interiorização. Profissionais de Catalão, Formosa, Porangatu, Rio Verde e, respectivos, municípios vizinhos acolheram a proposta do Projeto e participaram dos minicursos e procuraram atendimento na unidade móvel.


Ao longo do 1º semestre de 2015, o conselheiro Silvio José de Queiroz, que faz parte desse grupo, reuniu informações sobre as necessidades dos inscritos e propôs ações para suprirem tais anseios. Nas quatro edições de 2015, foram trabalhados seis temas diferentes: “Encontro com Responsáveis Técnicos e Gestores”, “Dilemas Éticos – Até Onde Posso Ir?”, “Como Sistematizar a Assistência em Enfermagem”, “Atendimento inicial ao politraumatizado”, “Avalição, Classificação e Tratamento de Feridas“ e “Processamento de Artigos Utilizando Método Físico e Físico-Químico”.


Catalão - Os responsáveis técnicos puderam fazer perguntas à enfermeira-fiscal Giovanna Barros, abordando situações do cotidiano da assistência em saúde. Além disso, o momento foi oportuno para se discutir a importância dos profissionais se atualizarem, constantemente, com relação às Resoluções do Cofen para que os serviços das unidades de unidades sejam realizados com respaldo legal. Uma das participantes dos minicursos, a enfermeira Maria Aparecida Barbosa Rego, afirmou que a ação é digna de elogios! “Nós profissionais de enfermagem, que residimos no interior, sentimos a real necessidade de estar próximo do nosso Conselho”.


Ao final das atividades em Catalão, vários participantes expressaram sua satisfação com relação à qualidade dos minicursos e também do atendimento prestado, sendo que 91% considerou a programação científica ótima e 80% aprovaram o atendimento, de acordo com a ficha de avaliação preenchida no final de cada minicurso.


Em Formosa, a enfermeira Zilah Cândida Pereira falou sobre “Processamento de Artigos Utilizando Método Físico e Físico-Químico”. Logo no começo de sua apresentação, Zilah foi enfática ao dizer que o centro de material de esterilização não pode ser deixado de lado. “A segurança do paciente depende muito do modo como é tratado a central de esterilização. Devemos ser criteriosos e realizar um trabalho constante”, afirmou.


O recorde de público aconteceu na cidade de Porangatu. 703 profissionais e acadêmicos participaram das ações do “Coren vai até você”, incluindo os minicursos e atendimento personalizado no Coren-Móvel. 93% do público presente considerou o conteúdo satisfatório, de acordo com as fichas de avaliação.


Paralelo a essa ação, no dia 11 de novembro, o Regional em parceria com a Pró-Reitoria de Extensão e Cultura da Universidade Federal de Goiás (UFG) realizou encontro com os secretários municipais de Saúde e enfermeiros responsáveis técnicos, com o objetivo de falar sobre a importância da implantação do Protocolo de Enfermagem em Atenção à Saúde de Goiás na Atenção Primária à Saúde (compêndio lançado pelo Coren-GO em dezembro do ano passado). A Pró-Reitora de Extensão e Cultura, enfermeira e uma das organizadoras do Protocolo, Claci Fátima Weirich Rosso apresentou o conteúdo abrangido pelo Protocolo e ainda a praticidade e segurança que sua implantação pode trazer aos profissionais e aos gestores.


O secretário Municipal de Saúde de Porangatu, Paulo Cezar Sotelo, esteve presente e expressou seu apoio a implantação do Protocolo de Enfermagem em Atenção à Saúde de Goiás na Atenção Primária à Saúde. “Acredito que todas as ferramentas que contribuam para a segurança do trabalho dos profissionais e do atendimento oferecido à população são válidas, em especial, quando se trata de conteúdo preparado por especialistas da área e que conhecem a realidade de nosso Estado, como é caso desse Protocolo proposto pelo Conselho”, destacou.


Em Rio Verde foi possível atender a demanda de atendimento personalizado. Segundo explica a coordenadora do setor de Registro e Cadastro, Célia Viana, “muitos profissionais solicitaram que fossem levados suas documentações, como carteira, diplomas, certidão de responsabilidade técnica, e outros”. 458 profissionais participaram dos minicursos e consideram 99% a qualidade satisfatória.


A cada edição finalizada, a presidência do Conselho tem a certeza de estar no caminho certo para atender às necessidades de seus inscritos. “Estamos alcançando nosso objetivo que é levar capacitações gratuitas e com qualidade ao interior goiano, além de cumprirmos uma de nossas propostas de campanha”, avalia a presidente Ivete dos Santos Barreto.


 


VALORIZAÇÃO PROFISSIONAL


 


Sessão Solene de Plenário – No dia 12 de maio, o Coren-GO realizou sessão de plenário especial, com a presença de aproximadamente 100 profissionais. Durante a plenária, que teve como objetivo enaltecer o trabalho dos 47 mil inscritos no Regional, foi firmada carta de intenção para a elaboração do Termo de Cooperação Técnica, Científica e Operacional entre Coren, ABEn-GO, Abenfo-GO e Sindicatos, homenagem aos membros das Comissões de Ética em atuação em Goiânia e palestra sobre o andamento dos processos éticos de Enfermagem em tramitação em Goiás.


 


Campanha de divulgação – Em 2015, a campanha de divulgação teve o depoimento da usuária do SUS Ana Maria Pereira Teixeira sobre a categoria: “A enfermagem é essencial para a humanização no atendimento e bem-estar do paciente”. Além dela, participou também uma profissional de enfermagem que demonstra uma ação cotidiana do cuidado de enfermagem. A campanha estampa 24 outdoors espalhados pela Capital durante toda a semana em que se concentram as atividades da 76º Semana Brasileira de Enfermagem (SBEn), além de ter sido amplamente divulgada no site e mídia social.


 


Atividades em instituições de saúde e ensino – Conselheiros, colaboradores e fiscais ministram palestras em 22 instituições de saúde e ensino, participando de atividades de homenagem à Enfermagem. Locais de participação do Coren-GO em atividades externas (palestras, seminários e mesas-redondas): Hospital de Doenças Tropicais (HDT), IFG de Goiás, Fac Inhumas, abertura da Semana Brasileira de Enfermagem, Hospital Alberto Rassi (HGG), Hospital das Clínicas da Universidade Federal de Goiás (HC/UFG), Faculdade Uni-Anhanguera, UEG de Itumbiara, Faculdade UniEvangélica de Anápolis, oficinas da Semana Brasileira de Enfermagem, Centro de Reabilitação Dr. Henrique Santilo (Crer), Hospital Anis Rassi, Hospital de Doenças Sanitária (HDS), UEG de Ceres, Faculdade Noroeste, Hospital de Doenças Sanitária (HDS), Hospital de Urgência e Emergência de Aparecida de Goiânia (Huapa), Hospital Neurológico, Hospital e Maternidade Dona Iris, Centec  de Aparecida de Goiânia, Faculdade de Enfermagem da Universidade Federal de Goiás (FEN/UFG) e Secretaria Municipal de Saúde de Goiânia, Distrito Sanitário Leste.


 


Profissional Destaque da Enfermagem – 40 profissionais de enfermagem receberam troféu e certificado de seu excelente trabalho desenvolvidos ao longo de sua vida profissional, em 29 de maio, durante a 6ª edição do Prêmio Profissional Destaque da Enfermagem.


 


Apoio aos eventos de Enfermagem – Outra forma de valorização profissional proporcionada pelo Conselho é feita através de materiais de apoio para a realização de eventos da área da Enfermagem. Ao longo de 2015, foram mais de 100 instituições atendidas, mediante solicitação feita por ofício especificando data e objetivo da utilização do material.


 


PESQUISA


Perfil da Enfermagem no Brasil


No dia 1º de agosto, foram apresentados os dados da pesquisa inédita que traça o Perfil da Enfermagem no Brasil com enfoque em Goiás. Os resultados apresentados pela coordenadora-geral da pesquisa, Maria Helena Machado, tiveram como enfoque a situação de Goiás diante de outros Estados, onde pode-se verificar uma continuidade do padrão nacional.


O diagnóstico da profissão aponta concentração regional, tendência à masculinização, situações de desgaste profissional, subdimensionamento e subsalário. Maria Helena Machado, coordenadora-geral da pesquisa, abordou em sua apresentação que os trabalhadores da enfermagem representam a grande maioria que atuam do campo da saúde. “Trata-se de uma categoria presente em todos os municípios, fortemente inserida no SUS e com atuação nos setores público, privado, filantrópico e de ensino. Isso demonstra a dimensão da pesquisa, que não contempla apenas os que estão na ativa, mas a corporação como um todo”, comentou.


 


Operação EaD


A operação constatou condições precárias de oferta nos cursos de enfermagem à distância. 118 fiscais de todo o Brasil estiveram envolvidos na visita de pelo menos 315 polos de apoio presencial. Em Goiás, foram visitados: 14 polos de apoio presencial, que tem autorizado 17.300 vagas. Nenhum deles apresentava condições de funcionamento.


 


HUMANIZAÇÃO E TRANSPARÊNCIA DA GESTÃO


Com o perfil de conciliar ações administrativas que estavam em andamento e agregar novos itens de otimização, o atual plenário do Conselho Regional de Enfermagem de Goiás logo em seus primeiros dias de trabalho realizou encontro com todos os funcionários na sede do Conselho, no dia 5 de janeiro.


Segundo dito pela presidente Ivete Santos Barreto, muito foi feito para o Coren-GO alcançar a posição de ser um dos regionais que mais cresce. “Trabalharemos juntos para continuar sendo uma referência”, pontuou. Nos dias que sucederam ao encontro, grupos formados com pelo menos quatro conselheiros visitaram os diversos setores do Coren para conhecer as atividades realizadas, as dificuldades enfrentadas e também ouvir as sugestões.


Já no dia 30 de janeiro, foi realizada sessão solene para dar posse ao plenário da gestão 2015-2017. A enfermeira Ivete Santos Barreto está a frente da diretoria, juntamente com a enfermeira Ângela Cristina Bueno e a técnica de enfermagem Marli Aparecida de Ávila. Os conselheiros empossados, além de dar continuidade aos avanços empreendidos até aquele momento, estão desenvolvendo ações e projetos que ampliem as conquistas da enfermagem.


No mês seguinte, em 24 de fevereiro, a equipe de fiscais da Autarquia recebeu a carteira funcional de Fiscal de Enfermagem. Na ocasião, Ivete Barreto destacou que ter a carteira funcional em mãos é importante. “Trata-se de uma carteira que tem estampado o Brasão de nosso País, nossa pátria, a quem servimos e respeitamos”.


Entre os dias 15 e 19 de junho de 2015, o Conselho recebeu os auditores Edson Guimarães Passos e Maria Olímpia da Silva Pereira, que fazem parte da equipe do Conselho Federal de Enfermagem (Cofen). O trabalho de auditoria de rotina, estabelecido pelo Cofen através do Plano Anual de Atividades de Auditoria Interna (Paint 2015), faz parte da meta de cumprimento das leis de responsabilidade fiscal, contabilidade, entre outras. Segundo os auditores, o trabalho realizado ao longo da semana ocorreu de forma positiva. “Notamos que está sendo feita a aplicação correta das verbas públicas”, afirmou Edson Guimarães Passos.


 


INSTRUMENTALIZAÇÃO DE GESTORES, COLABORADORES E FUNCIONÁRIOS


Seminários propostos pelo Cofen


De 3 a 5 de fevereiro, a diretoria do Coren-GO – Ivete Santos Barreto, Ângela Cristina Vieira Bueno e Marli Aparecida de Ávila, participou do Seminário com Novos Gestores, que teve como objetivo instrumentalizar os novos gestores sobre as normas do direito administrativo aplicas do sistema Cofen/Corens e promover o trabalho articulado com os regionais. Fizeram parte da programação palestras, debates e visita guiada nas dependências do Cofen. As conselheiras presentes entregaram aos novos gestores exemplares do Protocolo de Enfermagem na Atenção Primária à Saúde do Estado de Goiás (2ª edição revisada e corrigida).


Nos dias 15, 16 e 17 de abril, conselheiros e funcionários do Regional participaram do 6º Seminário Administrativo do Sistema Cofen/Conselhos Regionais, em Brasília, com o objetivo de aperfeiçoamento de pessoal e troca de experiências. As palestras abordaram temas diversificados como: regime jurídico único no âmbito dos conselhos profissionais, planejamento estratégico, licitações e contratos administrativos, gestão financeira e contábil, entre outros.


 


Seminários propostos pelo Coren-GO


Com o objetivo de trazer mais segurança aos atos praticados dentro de um processo ético, conselheiros e funcionários do Regional participaram de Capacitação em Instrução, Atualização e Julgamento de Processo Ético, no dia 7 de fevereiro. Durante o dia de atividade, o procurador geral do Coren-GO, Marcus Vinícius Machado Rodrigues passou importantes informações sobre processo ético.


Com a participação dos conselheiros, colaboradores e funcionários foi realizado o Planeja Coren Goiás – Seminário de Planejamento Estratégico, nos dias 8 e 9 de maio. O encontro contou com a participação do Marcelo Felipe Moreira Persegona, assessor de Planejamento do Cofen e assessora Renata Cândida Dias Moreira. O objetivo de todas as estratégias estabelecidas é voltado para quatro eixos principais: foco na enfermagem brasileira, transparência na gestão, flexibilidade e simplicidade.


No segundo semestre, em 22 de agosto, conselheiros, colaboradores, assessores e coordenadora do setor Processos Éticos de puderam expor as metas e dinâmica de trabalho durante o 1º Encontro de Colaboradores do Coren-GO. Na ocasião, os 80 colaboradores puderam conhecer um ao outro, tendo em vista que trabalham em diferentes câmaras técnicas, comissões e grupos de trabalho.


 


APOIO AS ENTIDADES DA ENFERMAGEM


No mês de março (dias 17, 19, 24, 26 e 30), o conselheiro Sílvio José de Queiroz participou de manifestações dos trabalhadores da área de enfermagem organizadas pelos Sindicato dos Trabalhadores do Sistema Único de Saúde de Goiás (Sindsaúde) e Sindicato dos Enfermeiros de Goiás (Sieg) nos Cais Chácara do Governador, Campinas, Bairro Goiá, Curitiba, Vila Nova e no Centro de Referência Ortopedia e Fisioterapia (Crof). Além de representar o Conselho, Silvio Queiroz uniu sua voz aos profissionais que lutam por melhores condições de trabalho e salarial. “É importante que toda a categoria esteja unida e não perca o foco da luta por seus direitos”, disse.


No dia 20 de maio, Ivete Santos Barreto e Marli Ávila, presidente e conselheira-tesoureira, respectivamente, participaram da inauguração da sede própria do Sieg, no Edifício Minas Bank. Na ocasião, estiveram presentes enfermeiras que tiveram grande participação em sua fundação, no ano de 1986, como Olívia Vieira da Silva e a ex-presidente Antônia Maria Ferreira Reis, além de membros da atual gestão e sindicalizados.


 


ATIVIDADES COM PROFISSIONAIS E POPULAÇÃO EM GERAL


O Coren Móvel foi peça fundamental na ação de prevenção às DSTs, promovida pela Secretaria Municipal (SMS) de Goiânia em parceria com a Secretaria Estadual de Saúde (SES), a Universidade Federal de Goiás (UFG), de 11 a 13 de fevereiro.  A população teve acesso a testes rápidos para HIV e kits de prevenção, que incluem preservativos masculinos e femininos, géis lubrificantes e um folheto com informações sobre como prevenir e tratar o HIV. Por ser um veículo de estrutura diferenciada, ele naturalmente chama atenção da população ciruculante. Outra vantagem é que o ambiente climatizado propicia a realização dos testes rápidos com segurança e privacidade.


Outro método de estar próximo da enfermagem e da população em geral é o apoio dado às campanhas reconhecidas nacionalmente, como por exemplo, aquelas de conscientização e prevenção nos meses de outubro e novembro. Em outubro, a fachada do prédio ficou iluminada com a cor rosa e recebeu uma faixa com dizeres de conscientização; o site do Conselho e a fanpage também foram estilizados com a cor do Outubro Rosa. Em novembro, tudo foi alterado para a cor azul, em comemoração ao Novembro Azul. Campanhas de combate ao mosquito Aedes aegypti e criadouro e as DSTs e HIV também tiveram destaque.


 


HOMENAGENS AO CONSELHO


Representando o grupo de mulheres que lutam pela saúde e bem-estar do paciente, a presidente do Coren-GO, Ivete Santos Barreto recebeu o Prêmio Mulher Combativa, no dia 13 de março. A homenagem, proposta pela deputada Isaura Lemos e vereadora Tatiana Lemos, levou em consideração o papel que representar a enfermagem significa para a saúde brasileira, uma vez que “mais de 60% dos trabalhadores da saúde são enfermeiros, técnicos ou auxiliares de enfermagem”, disse a deputada.


O Conselho também foi destaque durante as comemorações de 73 anos do curso de Enfermagem e 4º Encontro de Egressos da PUC-GO e, no di a 15 de outubro. A solenidade contou com a presença da Reitoria, Coren-GO, corpo docente e discente do curso de Enfermagem.  Na ocasião, a presidente Ivete Barreto e o conselheiro Silvio Queiroz foram homenageados. “A criação do Conselho e sua consolidação possuem como base de sustentação o curso de Enfermagem da PUC. Docentes desta Universidade participaram de diversas gestões do Coren”, disse Ivete Barreto.


 


REPRESENTATIDADE E PARTICIPAÇÃO EM EVENTOS EXTERNOS


Em 25 de abril, a presidente do Coren-GO coordenou a  mesa-redonda “Diálogo sobre o Trabalho em Saúde no Mercosul”, durante o 4º Seminário Internacional sobre o Trabalho em Enfermagem (SITEn), realizado pela ABEn, em Salvador (BA). Para Ivete Barreto, discutir o trabalho na área da Saúde com foco na realidade dos países da América Latina é extremamente importante para população e usuários. “Compreender e dialogar sobre o mundo do trabalho em saúde, na América Latina, e em particular nos países que hoje compõem o Mercosul, nos fortalece na convicção de que mais recursos para a saúde e fortalecimento do SUS é imprescindível para os trabalhadores da saúde e da enfermagem brasileira”, disse.


Na mesma data, o conselheiro Sílvio Queiroz participou, como moderador, da mesa-redonda “Segurança do Paciente na Administração de Medicamentos na UTI: das evidências à prática”, do V Simpósio Internacional do Centro de Estudos de Enfermagem e Nutrição (Ceen), com o tema “A Segurança do Paciente em Terapia Intensiva”.  O Simpósio teve conferencistas e pesquisadores da área de terapia intensiva e segurança do paciente do Brasil e dos EUA.


A partir de 13 de agosto, o Coren-GO passou a fazer parte do Comitê Gestor Sobre o Uso de Agrotóxicos e tem acompanhado as discussões do grupo, que nasceu da urgente necessidade de estabelecer ações integradas visando orientar, implementar políticas, monitorar, fiscalizar uso e aplicação de agrotóxicos promovendo a segurança alimentar dos consumidores e trabalhadores. A representante do Regional nesse Comitê e também conselheira, Ângela Cristina Bueno Vieira acredita que é imprescindível evidenciar a obrigatoriedade de todos os profissionais de enfermagem de realizar a notificação compulsória nos casos de intoxicações exógenas (por substâncias químicas, incluindo agrotóxicos, gases tóxicos e metais pesados).


O Coren-GO assumiu a coordenação do Fórum dos Conselhos Regionais da Área de Saúde do Estado de Goiás (FCRAS-GO), que foi lançado em 7 de dezembro, com o objetivo de discutir e deliberar sobre assuntos de interesse das profissões da saúde. A expectativa é de que o Fórum desenvolva um trabalho conjunto em defesa da saúde pública, de melhorias na saúde privada, de maior valorização dos trabalhadores da área e de mais qualidade nos cursos de formação dos profissionais de saúde, inclusive coibindo a abertura indiscriminada de novas faculdades.


Durante o lançamento do Fórum dos Conselhos Regionais da Área de Saúde do Estado de Goiás, a presidente do Coren-GO, Ivete Santos Barreto, destacou a importância da união entre os profissionais de saúde para que tanto trabalhadores quanto população possam ter resultados mais efetivos. “Com o fórum, vamos organizar ações conjuntas que protejam os usuários dos serviços de saúde e melhorem as condições de trabalho dos profissionais”, afirmou Barreto. “O Cremego está muito feliz por participar deste projeto que vai integrar os conselhos em um trabalho pela melhoria da assistência à saúde em Goiás”, disse o diretor de Fiscalização do Cremego, Robson Azevedo.


Fazem parte do Fórum os Conselhos Regionais de Enfermagem (Coren-GO), Medicina (Cremego), Psicologia (CRP09), Nutricionistas (CRN-1ª Região), Odontologia (CRO-GO), Farmácia (CRF-GO), Biomedicina (CRBM-3ª Região), Fonoaudiologia (Crefono-5ª Região), Fisioterapia e Terapia Ocupacional (Crefito-11ª Região), Educação Física (Cref-14ª Região), Biologia (CRBIO-4ª Região), Serviço Social (Cress19ª Região), Medicina Veterinária (CRMV-GO) e Técnicos em Radiologia (CRTR-9ª Região).